SETE LAGOAS

GEOGRAFIA

O município com área de 537,639 km², apresenta relevo constituído por colinas suaves, côncavo-convexas e altimetria média entre 700 e 800 m. As cotas mais baixas situam-se no extremo-norte. Na Serra de Santa Helena, localizada a noroeste da cidade, encontra-se o ponto de maior altitude. Os terrenos possuem declividades que permitem a sua mecanização. Sete Lagoas se localiza na microrregião homônima, formada pelos municípios de Araçaí, Baldim, Cachoeira da Prata, Caetanópolis, Cordisburgo, Fortuna de Minas, Funilândia, Inhaúma, Jaboticatubas, Jequitibá, Maravilhas, Papagaios, Pequi, Santana de Pirapama eSantana do Riacho.

 

RELEVO

  • Plano: 60%
  • Ondulado: 35%
  • Montanhoso: 5%

 

SOLOS

Do ponto de vista geológico, Sete Lagoas está enquadrada numa região de rochas do Grupo Bambuí, constituída de calcários cinzentos intercalados por mármore acinzentado (Formação Basal ou Sete Lagoas) e ardósias sobrepostas ao calcário (Formação Santa Helena).

Encontra-se Latossolo Vermelho distroférrico típico A moderado muito argilosos e Latossolo Vermelho-Escuro distrófico textura argilosa fase cerrado.

 

CLIMA

Domina a área o clima tropical de altitude, com verões quentes e chuvosos e invernos secos. Estação chuvosa de outubro a março e estiagem de abril a setembro. O índice médio pluviométrico anual é de 1 272 milímetros. Naturalmente, há anos mais chuvosos ou menos chuvosos em relação a outros. Também têm ocorrido algumas variações desse tipo para cada mês em anos diferentes. O mesmo pode acontecer com relação às temperaturas médias mensais e anuais. Alguns anos podem ser um pouco mais quentes ou um pouco mais frios do que outros. Algo um tanto similar pode ser observado em relação a cada mês específico em anos diferentes. Em conformidade com dados da estação meteorológica do município, a temperatura média da cidade entre os anos de 1961 até 1990 foi de 20,9°C. O mês mais frio, julho, apresentava uma média de 17,5 °C, enquanto que o mês mais quente, fevereiro, de 22,9 °C.

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período de 1961 a 1983, 1986 e a partir de 1993, a menor temperatura registrada em Sete Lagoas foi de 4,3 ºC em 1963, nos dias 25 de junho e 5 de julho daquele ano, e a maior atingiu 36,2 ºC em 13 de outubro do mesmo ano. O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 152,9 milímetros (mm) em 23 de janeiro de 1977. Outros grandes acumulados foram 147,7 mm em 27 de dezembro de 1995, 143,4 mm em 14 de fevereiro de 1978, 140,1 mm em 31 de janeiro de 2000, 130,4 mm em 31 de dezembro de 2001, 130,3 mm em 25 de novembro de 1980, 113,4 mm em 13 de janeiro de 1978, 112,2 mm em 4 de janeiro de 1997, 109,2 mm em 14 de dezembro de 1995, 105,6 mm em 22 de outubro de 2009, 104,4 mm em 7 de março de 1994, 102,9 mm em 13 de março de 2012 e 102,8 mm em 19 de fevereiro de 1965.[9] O maior volume total de precipitação acumulado em um mês foi de 688,8 mm em janeiro de 1961. O menor índice de umidade relativa do ar foi de 10 % em 22 de junho de 2000.


 

PREFEITURA

http://www.setelagoas.mg.gov.br/

LOCALIZAÇÃO

Diretório

Veja Mais  

Powered by themekiller.com