Tel.:(31) 3772 7814 - http://www.setelagoas.mg.gov.br

Localizada no coração de Minas Gerais, a cidade fica apenas a 70 km de Belo Horizonte e a 40 km do Aeroporto Internacional Tancredo Neves – Confins. Segundo dados do IBGE referentes a julho de 2015, ela possui uma população estimada de 232.107 habitantes. Hospitaleira como uma cidade do interior e ao mesmo tempo agitada como uma metrópole, Sete Lagoas é o principal pólo econômico da região central do estado atraindo grandes indústrias e diversificando cada vez mais sua economia. Quem vem até a cidade, não pode deixar de conhecer a Praça Tiradentes, o Museu Histórico, o Museu Ferroviário, a Serra Santa Helena, a Gruta Rei do Mato e claro, as lagoas.As lagoas que dão nome a cidade são espaços múltiplos que contemplam várias atividades como: bares, restaurantes e centros comerciais. Recebem também feiras, exposições, atividades esportivas e é ideal para quem quer fazer uma simples caminhada ou passear com a família. Sete Lagoas possui uma infra-estrutura completa de hotéis, pousadas e restaurantes para receber aqueles que desejam visitara região. Uma cidade que valoriza sua cultura, sua história e, principalmente, sua gente.

Lagoa Paulino – Localizada no centro da cidade, a Lagoa Paulino está entre os principais cartões postais da cidade. Sua orla possui diversos bares e restaurantes com que faz que seja um ponto de encontro das pessoas. Há também a opção dos passeios de pedalinhos que fazem a alegria de crianças e adultos. Na Alameda Prefeito Euro Andade que fica na orla da lagoa, é realizada a feira de Arte, artesanato e comidas típicas, conhecida como “Feirinha do Centro” que fica aberta nas sextas e segundas-feiras.

Lagoa da Boa Vista – É a segunda lagoa mais visitada do município. Tem uma pista dupla no entorno, com 1630 metros. A infraestrutura do Parque Náutico envolve um palco para apresentações diversificadas, com área de eventos e feira, pista de patinação, bicicross, skate, quadras de areia e dois campos de futebol. Em sua orla encontram-se restaurantes, trailers, sorveterias, escolas e bares. É um lugar arborizado, ótimo para caminhadas e prática de esportes ao ar livre. Nas manhãs de domingo, acontece a tradicional Feira da Boa Vista que possui 220 feirantes ofertando artesanato, hortifrutigranjeiros e várias opções de alimentação.

Serra de Santa Helena Localizada a noroeste, aproximadamente a 7 Km do centro da cidade, a Serra de Santa Helena é uma formação calcária, com aproximados 400 metros de elevação em relação à cidade, e cerca de 1.100 metros em relação ao nível do mar.  Em seu topo, está localizado um cruzeiro e a igrejinha de Santa Helena e nesse ponto, é possível se ter a mais bela vista da cidade e região, descortinando-se a imensa área limitada pelas serras: do Curral e da Piedade e o contraforte da Serra do Espinhaço, no vale do Rio das Velhas.

Museu Histórico Municipal – Na chamada Fazenda das Sete Lagoas, numa pitoresca construção do século XVIII, à beira do antigo caminho de penetração aos sertões mineiros, funciona desde 1970, o Museu Histórico Municipal. A instituição possui acervo com fotos antigas, peças ligadas ao período da escravidão, objetos pertencentes a alguns personagens ilustres do município e da região, além de documentos importantes da formação da cidade. O museu está localizado próximo à Catedral e o Casarão.

Museu do Ferroviário – Estação Ferroviária de Sete Lagoas foi inaugurada em 12 de setembro de 1896 e é um marco da primeira expansão urbana do município. Em 2000, a Estação foi transformada em Museu e preserva, através do seu acervo, parte significativa da memória ferroviária do município. Fotografias, uniformes, quepes, relógio de ponto e um grande número de ferramentas, além das locomotivas n° 1015 e n° 7. Um vagão-escola e o convívio dos ex-ferroviários dão a tônica ao Museu.

Catedral de Santo Antônio – A Catedral que foi construída no século XVIII mantém o estilo rococó e é herança da última fase do período colonial mineiro. Construída como capela, o recinto passou por uma reforma e se transformou em uma catedral. A última reforma foi em 2007 quando as paredes e o alicerce foram reformados. A cidade inicialmente cresceu ao redor da Catedral e só depois foi se expandindo para outras direções.

Casarão Centro Cultural Nhô-Quim Drummond Localizado na Praça Tiradentes, o “Casarão” demonstra sua condição aristocrática pelo grande número de janelas. Recuperado em 1988, o “Casarão” foi renomeado Centro Cultural Nhoquim Drummond em 1991, pelas comemorações do centenário do historiador. No fundo do “Casarão”, tem também o anfiteatro Mauro Faccio Gonçalves — em homenagem ao famoso ator Sete-lagoano Zacarias (Os Trapalhões/ Rede Globo) — que resgata a memória arquitetônica de um dos principais prédios da cidade.

Gruta Rei do Mato – A principal gruta, das 24 catalogadas na cidade, está localizada às margens da BR-040, junto ao trevo de acesso a Sete Lagoas, na Unidade de Conservação de Proteção Integral, Monumento Natural Estadual Gruta Rei do Mato. Com 220m de extensão e um desnível de 30 metros, a Gruta conta com 4 salões abertos à visitação.  O destaque fica por conta do 4o salão da gruta, imponente e grandioso, ele tem 100 metros de comprimento, onde se destacam duas colunas paralelas, perfeitamente cilíndricas e harmônicas, únicas no mundo. Diversas pinturas rupestres podem ser vistas na chamada “Grutinha”, ao lado da entrada da gruta.

A origem do nome é misteriosa. A lenda conta que, na década de 1930, a gruta foi habitada por um homem solitário, forte, barbudo e de olhos claros. Supostamente tratava-se de um refugiado político. Esse personagem folclórico passou a ser chamado de “Rei do Mato”.

Powered by themekiller.com