Caetanópolis. Município de Minas Gerais

Cidade jovem, Caetanópolis posiciona-se a uma altitude de 720 metros em relação ao nível do mar.
Sua história está ligada à da Companhia de Fiação e Tecelagem Cedro e Cachoeira, pioneira da indústria têxtil em Minas Gerais, grande responsável pelo povoamento do local.
Anteriormente denominada Cedro, quando se emancipou em 1953 teve seu nome mudado para Caetanópolis, em homenagem a um dos fundadores da Companhia.
Caetanópolis é terra natal da cantora Clara Nunes e, também, da cantora e compositora Roberta Campos.
 
Dicas de Viagem: As grandes atrações da cidade são: o Memorial Clara Nunes e o Museu Têxtil Décio  Mascarenhas, um museu da indústria têxtil muito interessante, único em sua categoria no país e na
América Latina.

 

MEMORIAL CLARA NUNES – Mantido pelo Instituto Clara Nunes, foi inaugurado em 11 de agosto de 2012 durante o 7º Festival Cultural Clara Nunes, o memorial está instalado à Rua Fernando Lima, nº 250. O memorial abriga um rico acervo com mais de 10 mil peças, catalogadas por uma equipe da Universidade Federal de São João del Rei. Os objetos foram cuidadosamente guardados pela irmã mais velha e madrinha da cantora, Maria Gonçalves da Silva, conhecida como dona Mariquita, falecida nesse ano, e muitos deles doados pelo marido da cantora, Paulo César Pinheiro: fotografias, matérias de jornais e revistas, documentos pessoais, discos de ouro, santos, colares, vestidos, sapatos, bolsas, objetos de decoração, mobiliário, etc.

Tel.: (31) 98874-3632 | Endereço: R. Fernando Lima, 250 – Centro – CEP 35.770-000 – Caetanópolis – MG

Atividades desenvolvidas – Oficinas Pedagógicas:
2019 – Comunidade Quilombola da Pontinha, Escola Estadual “Agnaldo Edmundo da Silva”.
2018 – Escola Municipal “Emilio Vasconcelos Costa”
Vistas guiadas até 12/2018.

CASA DE CULTURA CLARA NUNES – Inaugurada em 04 de agosto de 2007, a Casa de Cultura transformou em realidade um antigo sonho dos caetanopolitanos, sendo palco do Festival Cultural Clara Nunes e de exposições, peças teatrais e diversas manifestações culturais da cidade. Instalada em um dos poucos exemplares arquitetônicos em estilo colonial da região, situa-se na Praça Aníbal Pinto Mascarenhas. O prédio, doado pela Cia. Cedro Cachoeira, já abrigou o Grêmio Literário e Recreativo Cedrense, inaugurado no ano de 1912. A Praça Aníbal Pinto Mascarenhas também possui detalhes arquitetônicos curiosos, incluindo um jardim em forma de coração e um abrigo que lembra obras do arquiteto Oscar Niemeyer (as letras JK no abrigo são uma homenagem ao presidente Juscelino, que esteve na cidade durante seu governo).

Tel.: (31) 3714-7430 | Anibal Pinto Mascarenhas, 04 – Centro 

 

BANDA DE MÚSICA EUTERPE SANTA LUZIA – A Banda de Música Euterpe Santa Luzia, foi fundada em 1917 pelo então gerente da Fábrica do Cedro, Sr. Antonino Pinto Mascarenhas, juntamente com o Sr. José Antônio da Silva. A banda vem, ao longo dos anos, comprovando sua tradição de qualidade musical, sempre participando de eventos variados, destacando o nome de sua mantenedora, a Cia. Cedro e Cachoeira, bem como de Caetanópolis e região.

MUSEU TÊXTIL DÉCIO GUIMARÃES MASCARENHAS – Desde 1983 a Cedro Têxtil é mantenedora do Museu Têxtil Décio Mascarenhas, situado na Fábrica da
Cedro, em Caetanópolis, com acervo de mais de 1.000 peças remete seus visitantes ao ano de 1872, quando se deu o início das atividades da 3ª fábrica têxtil do país e 1ª fábrica de Minas Gerais.
Referência para estudantes, historiadores, estudiosos e empresários do setor, além da comunidade local, o espaço recebe aproximadamente 1.500 visitantes por ano, cumprindo o papel de preservar e perpetuar a
história da indústria têxtil nacional.
O museu Têxtil Décio Mascarenhas é o único museu têxtil da América Latina, em sua categoria.