06 Museus em Minas para visitar a até 100 km de BH

O termo museu teve sua origem na Grécia antiga, nas palavras gregas “Mousa” e “Mouseion” templo das nove musas, ligadas a diferentes ramos das artes e das ciências, filhas de Zeus e Mnemosine, divindade da memória, sendo locais sagrados para as musas, reservados a contemplação e aos estudos científicos.

Os museus, a partir de suas características são instrumentos de preservação da memória cultural de uma sociedade, bem como são responsáveis pelo patrimônio natural e cultura, material ou imaterial.

Já falamos sobre 6 Museus para visitar a até 60 km de BH e agora viemos falar de outros seis, um pouco mais distantes mas que é possível se programar para um bate e volta no fim de semana. Próximo a Belo Horizonte, em até 100 km de distância – ou um pouquinho mais –  é possível conhecer SEIS museus que contam histórias de um tempo e de vida como a de Guimarães Rosa e Clara Nunes. Conhecer esses museus é conhecer muito da história de Minas Gerais, na região do Circuito Turístico das Grutas. Uma viagem no tempo em uma viagem muito curta e um passeio inesquecível que você pode fazer, Circuitando por aí…

MUSEU HISTÓRICO DE CAPIM BRANCO.

Fundado em 2013 na casa mais antiga de Capim Branco – do século XVIII o Casarão Inhô Cachimbo e tombado pela Prefeitura em 2009. 

Possui um grande acervo com quadros e fotografias antigas referentes à urbanização da cidade, peças que compõem o acervo do período dos trOpeiros, da escravidão, da história do casarão, cédulas de dinheiro e peças antigas que mostram a evolução dos objetos.

Nas salas de exposições temporárias, exposições de variados temas de artistas locais e da região são expostos de tempos em tempos.

Endereço: Av. Cel. Custódio Alvarenga, nº 95. Centro – Capim Branco. Tel. (31) 3713-2198. Distancia de BH: 55 km

MUSEU HISTÓRICO DE SETE LAGOAS

O Museu está instalado em uma construção do século XVIII, localizada na chamada Fazenda das Sete Lagoas, à beira do antigo caminho de penetração aos sertões mineiros. Seu acervo é constituído por fotos antigas, peças ligadas ao período da escravidão, objetos pertencentes a alguns personagens ilustres do município e da região, além de documentos importantes da formação da cidade.

Endereço: Praça Santo Antônio, nº 100, Centro, Sete Lagoas Tel.: (31) 3772-9987. Distancia de BH: 75 km

MUSEU FERROVIÁRIO DE SETE LAGOAS

A Estação Ferroviária de Sete Lagoas foi inaugurada em 12 de setembro de 1886, é uma construção de pedra, cal, areia e forro de madeira de pinho de Riga ( Bélgica) marco da primeira expansão urbana do município. em 2000 a estação foi transformada em Museu Ferroviário de Sete Lagoas e preserva através do seu acervo, parte significativa da memória ferroviária, como: fotografias, uniformes, quepes, relógio de ponto e um grande número de ferramentas. Na área externa, encontra-se em exposição um antigo vagão de passageiros da extinta RFFSA, além das locomotivas número 1015 e número 07, tombadas pelo Conselho de Patrimônio em 2007. 

Endereço: Av. Antônio Olinto, 600 – Centro – Sete Lagoas. Telefone: 031- 3772-6033. Distancia de BH: 75 km

MUSEU TÊXTIL DÉCIO GUIMARÃES MASCARENHAS – MUSEU DA CEDRO

Desde 1983 a Cedro Têxtil é mantenedora do Museu Têxtil Décio Mascarenhas, situado na Fábrica da Cedro, em Caetanópolis, com acervo de mais de 1.000 peças remete seus visitantes ao ano de 1872, quando se deu o início das atividades da 3ª fábrica têxtil do país e 1ª fábrica de Minas Gerais.

Referência para estudantes, historiadores, estudiosos e empresários do setor, além da comunidade local, o espaço recebe aproximadamente 1.500 visitantes por ano, cumprindo o papel de preservar e perpetuar a história da indústria têxtil nacional.
O museu Têxtil Décio Mascarenhas é o único museu têxtil da América Latina, em sua categoria.

Endereço: Praça Coronel Anibal, Praça Aníbal Pinto Mascarenhas, Centro – Caetanópolis Tel.: (31) 3714-6305. Distância de BH: 100km

MEMORIAL CLARA NUNES

Mantido pelo Instituto Clara Nunes, o memorial abriga um rico acervo com mais de 10 mil peças, catalogadas por uma equipe da Universidade Federal de São João del Rei.

Os objetos foram cuidadosamente guardados pela irmã mais velha e madrinha da cantora, Maria Gonçalves da Silva, conhecida como dona Mariquita, falecida nesse ano, e muitos deles doados pelo marido da cantora, Paulo César Pinheiro: fotografias, matérias de jornais e revistas, documentos pessoais, discos de ouro, santos, colares, vestidos, sapatos, bolsas, objetos de decoração, mobiliário, entre outros.

Endereço: R. Fernando Lima, 250 – Centro – Caetanópolis. Tel.: (31) 98874-3632. Distância de BH: 100 km

MUSEU CASA GUIMARÃES ROSA

Inaugurado em 30 de março de 1974, na casa onde nasceu o escritor e passou sua infância em Cordisburgo. O Museu, a maneira de um portal, apresenta ao visitante as inúmeras possibilidades de se mergulhar na paisagem do cerrado e na cultura do sertão mineiro, perenizados na obra do escritor.

O acervo do Museu é composto por objetos de uso pessoal, doméstico e profissional de Guimarães Rosa, um conjunto de fotografias, edições nacionais e estrangeiras de obras e documentação textual – originais manuscritos e datilografados, com destaque para os originais do último livro do escritor, Tutaméia, e para a correspondência que manteve com seu pai e também com seu amigo, Pedro Barbosa.

Endereço: Avenida Pe. João, nº 774, Centro – Cordisburgo Tel.: (31) 3715-1425. Distância de BH: 117 km

IMPORTANTE: Durante este período de enfrentamento ao Coronavírus – COVID -19 – todos os museus estão fechados por tempo indeterminado.

Tão logo retornem seu funcionamento, aguardamos a sua visita!

Por Narly Simões