Feijão Tropeiro – de tira-gosto a prato principal, sempre presente a mesa

Feijão tropeiro é um prato típico do Brasil e que tem presença marcante em todas as mesas do Circuito das Grutas. Seja como tira gosto ou como prato principal, servido na cumbuca ou na travessa, o prato está sempre presente nos restaurantes, nos almoços de família, churrascos da turma ou nas barraquinhas dos eventos de rua – que a gente come sempre com gosto de “quero mais” ali, entre uma bebida e outra, um papo e alguma atração cultural.

A história nos conta que o feijão tropeiro é um prato originário de um movimento e não de uma região específica. Este movimento se chama Tropeirismo e se resume à atividade comercial realizada pelos Tropeiros, que eram carregadores de mulas, gados, cavalos e comerciantes, que atuavam principalmente entre as regiões centro-oeste e sudeste do Brasil durante os séculos XVII e XX.

Neste período, principalmente entre os séculos XVII e XVIII, a culinária brasileira sofria forte influência de três culturas: indígena, portuguesa e africana. Foi daí que veio a combinação da farinha de mandioca com o feijão.

Para facilitar o transporte de alimentos, os tropeiros costumavam carregar ingredientes secos e não perecíveis, como farinha de mandioca, farinha de milho, feijão, toucinho, charque, sal e café. Esses ingredientes formavam a base da dieta dos tropeiros. Os mantimentos e utensílios de preparo eram carregados dentro das bruacas que eram caixas de couro presas nas cangalhas dos animais de transporte.

Assim surgiu o feijão tropeiro, uma maneira prática e nutritiva de preparar alimentos secos e duráveis, capazes de suportar as longas jornadas dos Tropeiros.

Anote a receita e prepare o prato no fim de semana!

FEIJÃO TROPEIRO

INGREDIENTES: 500g de feijão carioca, 2 litros de água (aproximadamente), 2 folhas de louro, 200g de bacon picado, 350g de linguiça calabresa defumada picada,2 cebolas grandes picadas, 4 dentes de alho amassadinhos, fio de azeite ou óleo, 6 ovos, 3/4 de xícara de (chá) de farinha de mandioca, salsinha e cebolinha agosto

MODO DE FAZER: Antes de começar, deixe o feijão de molho em uma tigela com água, por cerca de 3 horas. Retire essa água e transfira o feijão para uma panela de pressão; Cubra com água, deixando passar 2 dedos de água acima do feijão; Adicione as folhas de louro, tampe a panela e leve ao fogo alto; Quando começar a pegar pressão, deixe cozinhar por 20 minutos; DICA: o ponto é quando o feijão estiver al dente. Desligue o fogo, aguarde a pressão sair e coe o feijão em uma peneira e reserve. Numa panela ou frigideira grande, refogue o bacon junto com a linguiça até dourar, reserve. Aqueça uma frigideira com um fio de azeite ou óleo e coloque os ovos; mexa por alguns minutinhos até que os ovos estejam cozidos; reserve. Em seguida doure a cebola junto com o alho, adicione o bacon e a calabresa refogada, o feijão cozido, os ovos mexidos e o sal. Refogue por mais 2 minutinhos e em seguida vá adicionando a farinha de mandioca aos poucos enquanto mistura. Para finalizar, salpique salsinha por cima e sirva em seguida.

Por Narly Simões

 

Powered by themekiller.com